Por uma educação verdadeiramente livre e plural

O ensino moderno impõe um pensamento único e não admite a livre troca de ideias, atropelando os alunos com velhos e ensebados resquícios de um Republicanismo confessional do ateísmo, anticlerical e positivista. Exige-se uma educação livre e plural, sem imposição de ideologias que impedem o homem de pensar por si.

O conúbio entre o liberalismo e o utilitarismo

O utilitarismo é injusto, não só não resolve os problemas morais como viola direitos fundamentais da Pessoa. O conúbio entre o liberalismo e o utilitarismo tem de ser purificado e repensado. A ética utilitarista é uma muleta frágil para um já manco liberalismo político, que mais facilmente poderá tombar no caos e na anarquia moral e social.

O Estado laico

O Estado é laico, mas muitas vezes, ele mesmo tem dificuldade em perceber o que isso significa, tendendo ao laicismo. Um Estado ateu não é simplesmente o Estado laico, porque não lhe compete negar Deus, nem tomar o partido dos ateus. Ele não pode ser confessional do ateísmo e da irreligião, mas professar a pluralidade e o respeito por todos.

Ensinamentos platónicos fundamentais à política e aos políticos de hoje

Muitas das postulações de Platão permanecem válidas para os nossos dias, sobretudo no que consta à sua filosofia política. Ensinamentos fundamentais à política e aos políticos de hoje. Será uma ideia platónica desejar para as nossas sociedades ocidentais muito mais? Penso que não será uma utopia, mas uma questão educativa ou formativa...

As Universidades e os “idiotas úteis”

É curiosa a deriva ideológica de tantos homens e mulheres. Dos "idiotas úteis" gerados pelo proselitismo em tantas Universidades, à reação que adere a certa direita radical, a história da deriva ideológica de tantos homens e mulheres pode transformar-se na história das nações.

Website Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: